top of page
  • Foto do escritorKayane

Dicas para a cozinha planejada dos seus sonhos

A cozinha é especial e deve contar com uma abordagem única na hora de ser planejada. Tudo deve estar perfeito para que as pessoas que a frequentam sintam-se acolhidas e confortáveis.



1. Planejamento e layout


Uma boa cozinha pede funcionalidade, é importante otimizar o espaço disponível e criar um layout eficiente, que atenda às necessidades individuais de cada um.


Em primeiro lugar, é fundamental não esquecer a função que a sua cozinha desempenha. Isso quer dizer que em áreas mais movimentadas, como pia, fogão e geladeira, o espaço deve ser suficiente para as pessoas acessarem e trabalharem confortavelmente. Nada deve bloquear o fluxo, como as portas dos armários, por exemplo, quando estiverem abertas.


É preciso pensar também num espaço suficiente levando em consideração o número de pessoas que moram na casa.


Quanto ao layout , uma questão essencial é a quantidade de eletrodomésticos e a sua localização de uso na cozinha. É preciso ter uma tomada perto de cada um para evitar que se tenha que uma extensão para corrigir o problema.


Incluir uma bancada no projeto também é uma ótima forma de otimizar o espaço de trabalho. Ela facilita a preparação de alimentos, além de virar uma área de socialização enquanto você prepara a refeição.





2. Escolha de materiais e acabamentos


Na hora que for escolher os materiais e acabamentos para sua cozinha planejada, duas coisas devem estar em mente: a alta durabilidade e a facilidade de manutenção. Bancadas, por exemplo, precisam ser resistentes a constantes limpezas e outros procedimentos típicos de quem prepara refeições com frequência.


Escolher os materiais sem critério, principalmente o tipo de piso, por exemplo, pode causar arrependimentos posteriores. A cozinha é um ambiente úmido, e um piso mais liso, nesse caso, pode tornar-se escorregadio. Todos os materiais escolhidos devem ser fáceis de limpar e impermeáveis, pois poderão estar em contato com água em algum momento.




3. Iluminação adequada


Para cozinhar, é preciso ter iluminação suficiente para enxergar tudo, seja ela natural ou artificial. O sentido da visão, na hora do preparo dos alimentos, é tão importante quanto o olfato e o paladar.


Com a luz natural, obviamente, você só vai poder contar durante o dia, e muitas vezes apenas em dias de sol. Nesse período, ela faz grande diferença, promovendo inclusive economia na sua conta de energia.


Então, na medida do possível, conte com janelas e paredes de vidro, de preferência permitindo a visualização de ambientes naturais, o que até pode favorecer o seu bem-estar quando estiver cozinhando.


Em relação às lâmpadas, o ideal é que sejam mais potentes, focadas e claras nas ilhas de trabalho, sobre a pia e o fogão, e nas áreas de circulação, elas podem ser mais difusas e suaves, de tonalidade amarela, criando um ambiente mais aconchegante. 


Se a cozinha for muito pequena, uma lâmpada central forte pode resolver tudo. Mas se o espaço for mais amplo, pode ser necessária a instalação de outras lâmpadas auxiliares nas laterais da cozinha, sobre bancadas ou sobre a mesa, por meio dos pendentes.


Uma opção moderna e tecnológica de iluminação é o perfil de LED, disponível em diversos modelos e tamanhos. Além de ser colocado no teto, ele pode ser aplicado em móveis, paredes e até no chão.


4. Organização e armazenamento inteligentes



Organização é uma questão de visibilidade, ou seja, tudo deve ser encontrado facilmente. Por isso, uma dica básica é: objetos maiores devem estar sempre atrás.


Prateleiras, nichos e cestas também são sempre muito bem-vindos, permitindo uma distribuição inteligente de alimentos e utensílios.


Potes de vidro ou de plástico transparente são peças indispensáveis para a sua cozinha, já que, mesmo fechados para preservar seu conteúdo, permitem saber o que há dentro deles.


Etiquetas também são uma boa maneira de identificar, mas devem ser discretas e padronizadas.

Outro grande aliado na organização da cozinha são os ganchos. Seu poder de otimizar espaços é grande, além de serem resistentes e suportarem bastante peso. São indicados para as xícaras, que podem ser penduradas pelas asas, bem como para colheres, garfos e escumadeiras maiores, com furos na ponta do cabo.



Então, o que achou das dicas? Certamente elas ajudarão você a planejar a cozinha dos sonhos, bonita,

funcional e contemporânea. E o mais importante de tudo: tente adicionar toques pessoais, para que a sua cozinha seja um ambiente único e especial. E se tiver mais alguma dúvida, entre em contato com a Italínea. Teremos o maior prazer em participar do seu projeto de felicidade.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page